Jornalistas do Curdistão apelam ao mundo por Rojava

Jornalistas curdos pedem ação internacional para interromper a ofensiva militar turca que tenta invadir o norte e o leste da Síria.

por Redação / ANF English [24-11-19]
trad. Lucas Gomes

mulher e tanque

 

Dezenas de jornalistas do Curdistão apelaram a povos do mundo, chefes de estados e governos, membros de parlamentos para que tomem medidas imediatas contra a incursão turca no norte da Síria, marcada por graves crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

“Cara senhora ou senhor,

Em 9 de outubro, o exército turco, juntamente com as forças jihadistas, lançaram um ataque brutal e destrutivo ao nordeste da Síria, onde os povos lideram uma convivência pacífica.

Este ataque é antes de tudo destinado aos povos curdo, armênio e assírio. O objetivo do exército turco e dos grupos jihadistas é cometer um genocídio. Até agora, centenas de civis perderam a vida nos ataques turcos. Centenas de milhares de pessoas tiveram que emigrar. Mais de 200 combatentes das Forças Democráticas da Síria – SDF, que eram os EUA e os aliados da coalizão internacional na luta contra o Estado Islâmico – EI, perderam suas vidas.

Observadores independentes dizem que o exército turco usa bombas de fósforo, proibidas por convenções internacionais.

Três amigos jornalistas, Seed Ehmed, Mihemmed Hisen Reşo e Dilan Ölmez, morreram nos ataques turcos. Ambulâncias do Crescente Vermelho Curdo Heyva Sor, no Curdistão, que queriam salvar civis, foram atingidas.

Por causa dos ataques turcos, o EI, o exército global de assassinos, que foi exterminado pelas forças SDF, YPG e YPJ com o apoio dos EUA e da coalizão internacional, começou a reviver.

O exército turco equipado com equipamentos militares dos EUA e da OTAN está atacando por via aérea e terrestre há dias. Os EUA se retiraram da região e abriram um campo para este ataque brutal. A abertura do espaço aéreo no nordeste da Síria liberou o caminho para o exército turco bombardear cidades e vilas curdas e massacrar o povo.

Os EUA têm responsabilidades no ataque turco. Essa política perigosa dos EUA, que levará a um genocídio dos curdos, é seguida com espanto e reação do povo americano, da opinião pública mundial e dos parceiros da coalizão. Permitir que os turcos matem os curdos é uma vergonha para os EUA, as forças da coalizão ocidental e a humanidade.

Exigimos que você assuma uma missão de serviço para interromper o ataque turco;

– fechar o espaço aéreo do nordeste da Síria a todos os aviões militares,

– tomando medidas em conjunto com a ONU e a OTAN para retirar o exército turco e suas gangues jihadistas dos territórios ocupados,

– reconhecimento oficial do governo autônomo,

– tomar medidas para incluir os curdos no processo de paz para a Síria.”

 

Fonte:  https://anfenglishmobile.com/kurdistan/journalists-from-kurdistan-appeal-to-the-world-for-rojava-38720

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s