Terrorismo de Estado e guerra hídrica: Invasores turcos fecham estação de água em Serêkaniyê


Desabastecimento em toda Hesekê.

publicação original: ANF English em 3 de setembro de 2020
trad. Caslu Kobanî

O problema de abastecimento de água no cantão de Hesekê continua preocupando a Administração Autônoma. O problema piorou muito quando os invasores turcos começaram a interromper o abastecimento da Estação de Água Alouk. Localizada no leste de Serêkaniyê, a estação supria até então as necessidades hídricas do cantão de Hesekê.

A aldeia de Em El Kef, em Til Temir, é uma das centenas que sofrem com desabastecimento devido à guerra hídrica lançada pelo Estado turco invasor. Ela está localizada na fronteira das regiões ocupadas. A água não chega à aldeia por conta dos bombardeios à estação de tratamento.

Estado turco invasor e seus mercenários associados são os responsáveis diretos pela crise humanitária. Os moradores disseram que os ataques dos invasores continuam, assim como o problema de água que são forçados a viver.

Ecil El Hisen, residente na aldeia, disse à ANHA que a água diminuiu significativamente durante um mês e também que: “Nossa água diminuiu desde que o Estado turco invasor e seus mercenários se aproximaram da aldeia. A água é a necessidade mais básica das pessoas e tentamos abordar e resolver o problema com os caminhões-pipa. No entanto, os caminhões-pipa não podem entrar na aldeia porque os motoristas têm medo de serem alvo dos invasores.”

Huriye El Ehmed disse que a aldeia está localizada muito perto da posição dos mercenários e acrescentou: “Uma vez que a nossa aldeia está perto de onde os mercenários estão posicionados, os caminhões-pipa não podem chegar à aldeia. O Estado turco fechou Alouk, deixando as pessoas sem água. Os crimes cometidos pelos ocupantes contra o povo são intermináveis. Eles não apenas cortam a água da nossa aldeia, mas também nos atacam com armas pesadas. Minha casa foi danificada pelos bombardeios. Nossa região estava segura antes da chegada do Estado turco. Isso rompeu toda a segurança da nossa região com sua ocupação e seus ataques.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s