Declaração da KCK sobre a celebração do Natal

Fonte aqui

Tradução: Anelise

“O Comitê de Povos e Crenças da KCK emitiu uma declaração para o Natal desejando que as guerras e conflitos em todas as partes do mundo terminem e que a humanidade leve uma vida democrática e livre com paz e saúde.

A declaração da KCK dizia: “O Movimento pela Liberdade Curda, que fez da irmandade dos povos e do mundo sua base desde o primeiro dia de sua luta, deseja aos cristãos no Curdistão e em todo o mundo um Feliz Natal. Esperamos que as guerras e conflitos em todas as partes do mundo, especialmente no Oriente Médio, acabem e que a humanidade leve uma vida democrática e livre em paz e com saúde.”

A KCK continuou: “Os feriados religiosos são um apelo ao amor, respeito, paz e fraternidade. Esta é a mensagem que eles transmitem em todas as religiões. São a expressão da expectativa de uma vida humana, plena e cheia de esperança. O Natal lembra as pessoas de que são responsáveis ​​por realizar esses valores. Desejamos que as férias de Natal deste ano reforcem ainda mais esses sentimentos e pensamentos, crenças e valores.”A declaração acrescentou: “O ano de 2020 viu a humanidade vivendo em um clima de guerra e violência causada também pelo abuso do sentimento religioso, nacionalistas, governos fascistas e seus líderes. Para adicionar a isso, houve a eclosão da pandemia corona. O ano de 2020 se fecha no contexto dessas crises que se reforçam mutuamente. Acreditamos que 2021 será um ano em que os regimes repressivos, nacionalistas e fascistas serão derrubados e o ano será marcado pela luta pela democracia”.

A declaração dizia: “Como movimento de libertação do Curdistão, nossa resposta é construir sobre a conexão com as tradições sagradas de nossos povos, suas expectativas e esperanças, um Curdistão autônomo e um Oriente Médio democrático em que as diferentes visões convivam em unidade e irmandade. É por isso que travamos nossa maior luta contra aqueles que abusam da essência das religiões e usam as crenças dos povos para manter seus regimes no poder. As religiões abraâmicas viram em sua história que os defensores da verdade sempre triunfam sobre os opressores. Esta é também a nossa plena convicção e é com esta convicção que celebraremos o novo ano”. O comunicado encerrou com as seguintes observações: “Acreditamos que 2021 será um ano em que a luta pela liberdade das mulheres se tornará ainda mais forte, os valores democráticos ganharão destaque e se enriquecerão com a consciência ecológica. Com estes sentimentos e pensamentos, mais uma vez celebramos todo o mundo cristão e especialmente os siríacos e armênios no dia de Natal e desejamos a todos um ano de amor, respeito e paz.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s